Para se distrair um pouco

flor-do-caribe2 Faz tempo que não escrevo, porém, já falei muito que sou noveleira e que adoro conhecer suas trilhas sonoras, já que pode impulsionar novos talentos os quais eu conheço ou não.
Confesso que eu só tenho comentado sobre trilhas de novelas das 6 da Globo, porque é nesse horário que consigo ficar sentadinha em frente à TV. Aliás, recentemente, a que eu mais gostei foi do folhetim “Cordel Encantado” (2011), pelo qual tive a chance de conhecer o ótimo cantor e compositor gaúcho Filipe Catto.
E, assim, desta vez eu só poderia destacar a trilha sonora da novela “Flor do Caribe”, tanto a nacional quanto a internacional.
Da nacional começo pela música de abertura “Em paz”, interpretada pelo grupo paulista 5 à Seco e a cantora Maria Gadú e o promissor cantor e compositor Dani Black, com “Miragem”.
No Estúdio Loop eu não pude ver os ensaios do 5 à Seco, formado por Leo Bianchini, Pedro Altério, Pedro Viáfora, Tó Brandileone e Vinicius Calderoni, mas eu vi bem o trabalho de Dani Black, que inclusive também foi integrante desse grupo.
Foi nesse Estúdio também que eu ouvi de pertinho a potente voz do contratenor Filipe Catto, que eu achava que morasse em Porto Alegre, mas ainda bem que ele vive em São Paulo.
Quanto a trilha internacional, embora logicamente tenha muita música latino-americana, eu não poderia deixar de destacar o Pet Shop Boys com a sua “Invisible”, John Mayer e a linda “Love is a Verb”  e Tiago Iorc com a romântica canção “It’s a Fluke”, tema do belo casal formado pelos personagens Lino e Carol.
E, para minha grande surpresa, o Tiago Iorc é brasileiro, nascido em Brasília, mas radicado em Curitiba. O seu segundo álbum “Umbilical” foi lançado no Brasil, na Coreia do Sul, Portugal, Estados Unidos e Japão, segundo o Wikipédia. Sinceramente, se não fosse a internet eu não diria que se trata de um artista brasileiro. Para os não noveleiros fica a dica de conhecê-lo. Achei um site com a trilha e é só clicar aqui.
Anúncios

Sobre Geni Kikuta

Trabalhei na área pública por mais de 30 anos, dos quais quase vinte me dediquei na gestão de pessoas, mas também sou jornalista e gosto de escrever sobre música, músicos, cantores e tudo que envolva sonoridades
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s